Faça uma doação ao FIA até o último dia útil do ano, em vez de pagar todo o imposto de renda

O contribuinte que fará a declaração completa pode doar ao Fundo para Infância e Adolescência – FIA e deduzir o valor do imposto de renda.

O limite para dedução é de 6% do imposto sobre a renda apurado pelas pessoas físicas na declaração.

FIA

A doação deverá ser feita até o último dia útil do exercício e não afeta outros benefícios ou deduções.

Caso perder a data, a doação poderá ser deduzida também no momento da declaração, todavia, até o limite de 3%.

É possível doar para projetos específicos, e não apenas de forma desvinculada, em que o próprio fundo define onde aplicar.

FIA

O FIA capta e aplica recursos destinados às ações de atendimento à criança e ao adolescente. A destinação do imposto de renda é a principal fonte de arrecadação.

Os fundos são administrados pelos Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente dos Municípios, Estados e Distrito Federal. Nesses Conselhos há a participação tanto de representantes do Poder Público quanto da sociedade civil.

No Município de São Paulo, por exemplo, a doação é realizada pelo site do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – FUMCAD. Ao contrário dos outros fundos municipais e estaduais, tudo é feito de modo completamente eletrônico ao doar para projetos específicos.

Assim, entidades como a Associação de Assistência à Criança Deficiente – AACD, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcioanis de São Paulo – APAE e o Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer – GRAACC serão diretamente beneficiadas.

Em São Paulo há a alternativa também de doar para eixos, como “proteção especial”, “abrigo” e “educação”.

Após preencher algumas informações, inclusive o valor da doação, o FUMCAD emite um boleto com os dados para declaração e para o pagamento pelo contribuinte doador.

Saiba mais: Doe parte do seu imposto de renda para o Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Posts relacionados

Comentários no Facebook