Grendene: RI esclarece suposta relação com Ciro Gomes

Recentemente, diversas notícias circularam nas redes sociais tratando de uma suposta relação entre a Grendene e o candidato Ciro Gomes.

Grendene fake news

A mais recente dessas notícias foi publicada em um portal de jornalismo chamado Spotnicks. Indagada, a Diretoria de Relação com Investidores da companhia esclareceu por e-mail os fatos.

Continue lendo “Grendene: RI esclarece suposta relação com Ciro Gomes”

Governo brasileiro plagiou alerta de Hong Kong sobre Bitcoin?

Hoje o Governo do Brasil emitiu um alerta sobre criptomoedas em seu sítio eletrônico.

Governo do Brasil

O alerta parece, contudo, um arremedo de um artigo da campanha do Governo de Hong Kong, publicado no mês passado.

O blog publicou aqui uma tradução adaptada, na época, do sítio eletrônico da Chin Family, com as devidas referências.

Até o nome dado à publicação do Governo do Brasil é semelhante ao artigo de Hong Kong. O artigo publicado pelos hong-kongueses é intitulado Five things to know about bitcoin (ou “Cinco coisas para saber sobre bitcoin”). Enquanto o título do artigo brasileiro é Cinco coisas que você precisa saber sobre as criptomoedas.

Curiosamente, há poucos minutos, o link do artigo brasileiro se tornou inacessível. Mas o conteúdo pode ser visto ainda aqui, pelo cache do Google.

O alerta do Governo do Brasil foi amplamente divulgado no noticiário econômico.

Continue lendo “Governo brasileiro plagiou alerta de Hong Kong sobre Bitcoin?”

Queda do IGP-M em 2017 ainda impacta fundos imobiliários

O Índice Geral de Preços do Mercado – IGP-M é um índice que mede a inflação.

IGP-M e fundos de investimento imobiliário

O IGP-M é também conhecido como o “índice do aluguel”. O índice normalmente serve de referência para reajustar o aluguel dos contratos de locação imobiliária.

Em 2017, o IGP-M caiu 0,52%, apesar da inflação oficial, de +2,95% no ano.

A queda do índice continua impactando o reajuste da remuneração dos fundos de investimento imobiliário em 2018.

Continue lendo “Queda do IGP-M em 2017 ainda impacta fundos imobiliários”