Poupadores são “perdedores”, segundo Kiyosaki

Robert T. Kiyosaki, autor de Pai Rico, Pai Pobre, afirmou no
 bestseller que poupadores são “perdedores”.

Poupadores perdedores Pai Rico Pai Pobre

Pode parecer desagradável à primeira vista, porém a afirmação é infelizmente verdadeira. Os poupadores perdem dinheiro de várias formas, sobretudo através dos tributos e da inflação, especialmente no Brasil.

Continue lendo “Poupadores são “perdedores”, segundo Kiyosaki”

Sorte vale mais do que estratégia no mercado de ações?

Todos que conhecem o mercado de ações já ouviram histórias de quem, sem grande conhecimento e sem informação privilegiada, obteve ganhos súbitos com a compra e venda de ações, em razão da sorte, ou seja, em decorrência, por exemplo, de fatos imprevisíveis que causaram uma imensa valorização das ações de determinada companhia.

Pululam histórias também, até no noticiário especializado, de investidores imbuídos de intrincadas habilidades que se enriqueceram no mercado de ações. E dispendiosos cursos são geralmente atrelados a essas histórias.

Sorte e estratégia

Sabe-se então que é possível obter ganhos no mercado de ações tanto com a sorte quanto com a habilidade.

Mas a sorte vale mais do que a estratégia? Ou a estratégia vale mais do que a sorte?

Continue lendo “Sorte vale mais do que estratégia no mercado de ações?”

Constituição Federal de 1988 completa 30 anos sob críticas

Há três décadas, a Constituição Federal foi promulgada, em 05 de outubro de 1988. A atual Constituição é o marco da retomada do processo de construção da democracia no país, retrocedido em 1964.

Constituição Federal de 1988

Não obstante, candidatos à presidência que provavelmente disputarão o segundo turno criticam a Constituição em seus respectivos planos de governo.

Continue lendo “Constituição Federal de 1988 completa 30 anos sob críticas”

Accountability e “Desculpability”: qual é o seu nível?

Nunca fui um entusiasta de palestras motivacionais, mas o conceito de Accountability contém uma valiosa lição para o amadurecimento pessoal. Veja porque vale a pena entender sobre esse assunto.

Accountability Desculpability

Sem tradução em português, Accountability significa “empregar responsabilidade para si mesmo”, conforme o psicólogo João Cordeiro. E o contrário de Accountability é “Desculpability”, ou seja, em vez de se responsabilizar, colocar a culpa nos outros.

Continue lendo “Accountability e “Desculpability”: qual é o seu nível?”