Dia do Consumidor e Dia Mundial dos Direitos do Consumidor

O Buscapé criou em 2014 o Dia do Consumidor Brasil para promover o comércio varejista.

No Dia do Consumidor Brasil, há a promessa para os consumidores de descontos sobre o preço dos produtos ofertados pelas varejistas na Internet.

Dia do Consumidor

A data é inspirada no Dia Mundial dos Direitos do Consumidor, criada originalmente nos Estados Unidos para conscientização dos consumidores.

As duas celebrações são promovidas na mesma data, em 15 de março, apesar dos diferentes sentidos.

Dia do Consumidor Brasil

Neste ano, de acordo com o Buscapé, acontecerá a quarta edição do Dia do Consumidor Brasil.

Na edição passada, em 2017, o Buscapé afirma que “ajudou os clientes a economizarem até 80%”. Contudo não há mais informações, exceto o número de pedidos, faturamento, gasto médio e o produto mais vendido.

Mas, longe de representar uma data de conscientização sobre direitos do consumidor, o Dia do Consumidor Brasil possui um apelo meramente comercial. O dia serve de mote para preencher a lacuna no setor varejista, entre o Natal e o Dia das Mães.

Dia Mundial dos Direitos do Consumidor

Em 15 de março de 1962, John Kennedy enviou ao Congresso americano uma mensagem especial sobre a proteção do consumidor.

Mais tarde, o discurso do então presidente americano ficou conhecido como “Consumer Bill of Rights” (em tradução literal, “Declaração de Direitos do Consumidor”). Assim, a data da mensagem se tornou um marco para a defesa e conscientização dos consumidores em todo o mundo.

Consumidor

Kennedy ressaltou a importância de se tratar de forma justa e adequada os interesses dos consumidores em novas legislações. Além disso, introduziu alguns direitos básicos do consumidor, como a proteção da vida, saúde e segurança, o direito à informação, o direito de livre escolha e o direito de ser ouvido.

No Brasil, parte desses direitos surgiu principalmente a partir de 11 de março de 1991. Nessa data, o Código de Defesa do Consumidor, a Lei nº 8.078, de 1990, entrou em vigor.

A organização Consumers Internacional aborda na campanha deste ano, do Dia Mundial dos Direitos do Consumidor, a necessidade de se aumentar a segurança e a justiça nos mercados digitais.

A organização reúne grupos de defesa do consumidor em diversos países. Há uma agenda no site da organização dos eventos da campanha de 2018, que acontecerão até mesmo no Brasil.

Posts relacionados

Comentários no Facebook