Pena de Lula é aumentada por unanimidade no TRF-4, Ibovespa dispara 3,72%, e dólar cai: amanhã não haverá pregão na B3

Por volta das 17:45 horas de hoje, 24 de janeiro, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região manteve a condenação do ex-presidente Lula por unanimidade.

Lula Triplex Guarujá
Triplex em Guarujá

Os três desembargadores da 8ª Turma do Tribunal acordaram em também aumentar a pena do réu.

Continue lendo “Pena de Lula é aumentada por unanimidade no TRF-4, Ibovespa dispara 3,72%, e dólar cai: amanhã não haverá pregão na B3”

Ibovespa deveria estar com mais de 180.000 pontos para igualar o desempenho do CDI desde o Real

Em 04 de julho de 1994, o Ibovespa fechou o pregão já com a circulação da “nova” moeda, o Real. Curiosamente, o principal índice de ações da B3 caiu de 3.623, cotação do dia 30 de junho, para 3.580 pontos.

Ibovespa versus CDI

Passadas mais de duas décadas do lançamento do Real, a moeda definitivamente trouxe mais estabilidade ao país. O Plano Real pôs fim sobretudo à hiperinflação, mas, também, aumentou o poder de compra e modernizou a economia nacional.

E, não obstante as renovações consecutivas da pontuação máxima do Ibovespa nos quatro primeiros pregões de 2018, o desempenho histórico, desde o lançamento do Real, do índice de ações, que reúne os papéis mais negociados da Bolsa, é ainda muito inferior ao da taxa do Certificado de Depósito Interbancário – CDI, que serve de parâmetro para grande parte dos investimentos em renda fixa, como o Tesouro Direto e o Certificado de Depósito Bancário – CDB.

Continue lendo “Ibovespa deveria estar com mais de 180.000 pontos para igualar o desempenho do CDI desde o Real”

Sorte vale mais do que estratégia no mercado de ações?

Todos que conhecem o mercado de ações já ouviram histórias de quem, sem grande conhecimento e sem informação privilegiada, obteve ganhos súbitos com a compra e venda de ações, em razão da sorte, ou seja, em decorrência, por exemplo, de fatos imprevisíveis que causaram uma imensa valorização das ações de determinada companhia.

Pululam histórias também, até no noticiário especializado, de investidores imbuídos de intrincadas habilidades que se enriqueceram no mercado de ações. E dispendiosos cursos são geralmente atrelados a essas histórias.

Sorte e estratégia

Sabe-se então que é possível obter ganhos no mercado de ações tanto com a sorte quanto com a habilidade.

Mas a sorte vale mais do que a estratégia? Ou a estratégia vale mais do que a sorte?

Continue lendo “Sorte vale mais do que estratégia no mercado de ações?”

Os super-heróis mais populares dos quadrinhos investiriam em quais ações da Bovespa?

Super-heróis e ações? Veja em quais ações da Bovespa os super-heróis mais populares dos quadrinhos, como o Super-Homem e o Batman, investiriam se existissem na vida real.

Super-heróis

Investir em ações não é somente uma escolha baseada nos números de cada companhia. Além de analisar os resultados, investidores buscam adquirir ações de empresas em que acreditam, sobretudo se querem ser sócios. Para ilustrar esse componente subjetivo dos investimentos, nada melhor, e apropriado para o pós-carnaval, do que criar uma carteira de ações hipotética para cada um dos mais populares super-heróis.

Ressalte-se que não se trata, de modo algum, de indicação de compra ou venda de ações.

Continue lendo “Os super-heróis mais populares dos quadrinhos investiriam em quais ações da Bovespa?”

Ibovespa se aproxima dos 70 mil pontos: e se começar a cair agora?

Ontem, 21, o principal índice de ações da BM&FBOVESPA, o Índice Bovespa – Ibovespa, superou os 69 mil pontos. Desde 2 de abril de 2011, o índice permanecia abaixo dessa marca.

Queda do Ibovespa
Um dia tipicamente “sangrento” na Bolsa

Nos últimos 365 dias, o Ibovespa acumula um aumento de 59,71%, e não demonstrou ainda sintomas de arrefecimento. Somente em 2017, o índice já cresceu 14,65%.

Apesar do franco entusiasmo do mercado acionário, que aposta na perspectiva positiva do País, a reação econômica ainda não veio. E, muito provavelmente, também não poderá vir ao longo de 2017.

Portanto, a crise ainda persiste, indiferente à escalada do Ibovespa. Contudo, há, sim, divergência quanto ao início do restabelecimento econômico. Em entrevista publicada nesta semana, o professor João Sicsú afirmou que não há nenhum sinal de recuperação da economia. Diferentemente do professor, na mesma semana, o presidente do Banco Santander concluiu que o Brasil voltou a crescer.

Fato é que, independentemente de quem esteja certo, caso a expectativa de recuperação econômica não se concretize, ou na iminência de outro acontecimento relevante despontar, é natural que o rally do índice termine. Se o Ibovespa cair, o que planeja fazer? E, inversamente, se subir?

Continue lendo “Ibovespa se aproxima dos 70 mil pontos: e se começar a cair agora?”