IOF pago por turista brasileiro no exterior é quase seis vezes mais caro ao usar cartões do que ao comprar moeda estrangeira em espécie

Em viagens internacionais, o turista brasileiro costuma pagar o imposto sobre operações financeiras – IOF tanto para utilizar cartões quanto para adquirir dólares ou euros em espécie no Brasil.

IOF câmbio euros

Muitos não sabem, o que é corriqueiro pode, contudo, pesar no orçamento da viagem. Enquanto a alíquota do imposto para compra de moeda estrangeira em espécie é atualmente de 1,1%, a alíquota das compras e saques no cartão fora do país é de 6,38%.

Continue lendo “IOF pago por turista brasileiro no exterior é quase seis vezes mais caro ao usar cartões do que ao comprar moeda estrangeira em espécie”

Ibovespa deveria estar com mais de 180.000 pontos para igualar o desempenho do CDI desde o Real

Em 04 de julho de 1994, o Ibovespa fechou o pregão já com a circulação da “nova” moeda, o Real. Curiosamente, o principal índice de ações da B3 caiu de 3.623, cotação do dia 30 de junho, para 3.580 pontos.

Ibovespa versus CDI

Passadas mais de duas décadas do lançamento do Real, a moeda definitivamente trouxe mais estabilidade ao país. O Plano Real pôs fim sobretudo à hiperinflação, mas, também, aumentou o poder de compra e modernizou a economia nacional.

E, não obstante as renovações consecutivas da pontuação máxima do Ibovespa nos quatro primeiros pregões de 2018, o desempenho histórico, desde o lançamento do Real, do índice de ações, que reúne os papéis mais negociados da Bolsa, é ainda muito inferior ao da taxa do Certificado de Depósito Interbancário – CDI, que serve de parâmetro para grande parte dos investimentos em renda fixa, como o Tesouro Direto e o Certificado de Depósito Bancário – CDB.

Continue lendo “Ibovespa deveria estar com mais de 180.000 pontos para igualar o desempenho do CDI desde o Real”